código Ágil

Agile, Scrum, Extreme Programming , Java e mais

Comunicação e Colaboração em equipes

Posted by Luciano Félix em 27 junho, 2008

Ontem (26/06), convidado pela minha amiga Rebeka Maia, estive presente a um evento sobre design de interação com o usuário, organizado pelo UXrecife na Faculdade Marista.No fim do evento surgiu uma discussão sobre a necessidade de um programador aprender as atividades de um designer e de um designer aprender sobre as atividade de um programador. Isso me remeteu imediatamente a como as equipes Scrum devem se organizar. Os processos ágeis em geral valorizam a comunicação, ou seja, numa equipe multidisciplinar: designers, programadores, testadores, analistas, precisam interagir, precisam se comunicar e se todos não tiverem o mínimo de vocabulário comum, o trabalho pode se complicar. Durante o evento isso ficou muito claro no depoimento de todos.

Outra questão muito importante é que quando uma equipe tem seus papéis extremamente definidos e ninguém se envolve como nada fora da sua área de atuação, o que se vê é uma falta de colaboração dentro do time, onde cada uma faz o seu trabalho e passa para a frente sem se preocupar muito com o trabalho seguinte. Hum…, isso parece familiar, alguém falou Waterfall ?? Quando especializamos demais os membros de uma equipe, o que acontece é que criamos um pequeno waterfall onde não há colaboração entre as partes, onde cada “setor” da equpe faz seu trabalho e o “joga por cima do muro”, isso sem dúvida não é uma forma sadia de se trabalhar.

Toda a equipe deve ter o mesmo objetivo, entregar o produto, e não somente, “entregar o design” ou “entregar o código” ou “testar” e cada membro da equipe deve fazer o possível para que o objetivo maior seja atingido e não se limitar apenas ao seu título.

Uma resposta to “Comunicação e Colaboração em equipes”

  1. Isabela Moroni said

    Pois é! Colaboração na equipe é fundamental! Acho que ninguém precisa ser especialista em algo que o companheiro de equipe domina, mas todos devem ter conhecimento necessário para reconhecer o problema e encaminhar para uma solução. Acho que depois de utilizar o Scrum, eu tenho uma maior percepção de reconhecer um problema, mesmo que não seja de domínio meu. Tá lá no quadro, só não enxerga quem não quer!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: