código Ágil

Agile, Scrum, Extreme Programming , Java e mais

Archive for julho \31\UTC 2008

Integrando novos membros ao time – Parte 1

Posted by Luciano Félix em 31 julho, 2008

Seja acessível

Sendo o líder de uma equipe, sua participação é importantíssima no processo de integração de novos membros. Você será a principal referência, o ponto de contato com o resto da equipe e é seu dever fazer com que a integração aconteça da melhor forma possível. Portanto esteja sempre disponível para ajudar os recém-chegados, mostre-se acessível, deixo-os confortáveis para tirar dúvidas (There are no dumb questions!!). Mesmo que você esteja super ocupado, não os deixe sem assistência, afinal quanto mais rápido eles começarem a produzir, menos carga haverá sobre o restante da equipe e mais rapidamente a correria vai diminuir.

Explique o domínio da aplicação

É bastante comum que os novos membros não tenham experiência com o domínio da aplicação dos projetos em que estão embarcando. Se o projeto trata de finanças a equipe deve conhecer os termos do mundo financeiro, se trata de varejo ou saúde ou construção, idem. Não há como uma equipe desenvolver um projeto sem conhecer os conceitos envolvidos na sua criação, portanto tenha um cuidado especial nesse quesito, prepare algum material de apoio que possa ajudá-los, recomende textos ou livros sobre o assunto, se possível tenha esse material disponível na empresa.

Apresente os Processos e as Ferramentas

Logo no início explique aos novos membros como a equipe trabalha, quais processos e práticas foram escolhidos, quais ferramentas utiliza, etc., por exemplo: “A equipe está desenvolvendo um projeto em Java e aplicando o Test Driven Development utilizando o JUnit” ou, “Implantamos a integração contínua com o Cruise Control”, etc. . Não faça isso apenas com as práticas formais mas também todos os rituais que a equipe pratica, por exemplo: “A cada 15 dias um membro da equipe apresenta um workshop sobre um tema ligado ao trabalho” ou “Quem não estiver presente ao Daily Scrum pagará um multa de R$ 1,00”. Quanto mais rápido os novatos entenderem a dinâmica da equipe, mas rapidamente poderão se integrar. Se possível prepare uma lista de referências onde eles possam aprender mais sobre esses assuntos, mais uma vez, se possível, tenha algum material disponível na empresa.

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | 1 Comment »

Integrando novos membros ao time – Intro

Posted by Luciano Félix em 21 julho, 2008

A entrada de um novo membro numa equipe é sempre um momento delicado tanto para a equipe quanto para quem está chegando. Para a equipe é uma mudança no status quo, uma possível mudança na dinâmica do time e para o novo membro é um terreno desconhecido, essa situação pode gerar certo desconforto se não for tratada com atenção. O sucesso na integração de um novo membro ao time é fator determinante na qualidade do ambiente e da produtividade do time daí em diante.

Infelizmente esse assunto não é tratado com a devida importância pela grande maioria das empresas que colocam seus novos profissionais em situações bastante difíceis até que eles mesmos possam caminhar com as próprias pernas. Quanto mais complexo for o projeto, mais atenção deve ser dada aos novos membros para que eles possam sentir-se a vontade para contribuir o mais rápido possível com sua nova equipe.

Lendo o blog do Patick Kua vi que ele também se interessa bastante pelo tema e isso me inspirou a escrever sobre algumas coisas que acho de grande importância no processo de integração de um novo membro ao time.

Nos próximos posts falarei mais sobre essas técnicas. Até mais!

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | Leave a Comment »

Daily Scrum eficiente

Posted by Luciano Félix em 18 julho, 2008

O Daily Scrum sem dúvida é uma das reuniões mais importantes do Scrum, porém é a mais subestimada e negligenciada de todas. O Daily Scrum sincroniza toda a equipe, estimula a colaboração e faz com que todos percebam imediatamente quando algo começa a atrasar.

O blog ScrumLabs publicou uma lista de 10 dicas para um bom Daily Scrum.

1. Comecem o mais cedo possível, sempre no horário, sem esperar por ninguém. Definam a agenda do dia.
2. Limite a duração da reunião em 15 minutos – use algum tipo de alarme se necessário.
3. Levantem-se! Isso encoraja a brevidade entre os participantes e mantém todos acordados.
4. Mesmo lugar e horário todos os dias, de preferência na sala da equipe.
5. Organizem-se em formato de U em torno do taskboard, isso ajuda no contexto de quem estiver falando.
6. Jogue uma moeda para definir a ordem. Cara no sentido horário, coroa no sentido anti-horário.
7. Apenas os membros da equipe e o Scrum Master podem falar.
8. Não é necessário fazer as “3 perguntas”. Apenas criem a rotina de respondê-las.
9. Não comecem a resolver problemas durante a reunião. Façam isso após a reunião.
10. Anotem os impedimentos no taskboard para que o Scrum Master possa resolvê-los.

Além desses itens eu acrescentaria mais 2.

11. Se necessário, utilizem um token. Apenas quem estiver de posse do token poderá falar.
12. Criem penalidades para quem não estiver presente à reunião, algo que beneficie a equipe como um todo.

Todos os membros da equipe devem estar preparados para responder as 3 perguntas:

O que você fez desde a ultima reunião ?
O que você fará até a próxima reunião ?
Existem algum impedimento para a realização do trabalho ?

Imediatamente após a reunião a equipe atualiza o taskboard com o novo status das tarefas e os gráficos de burndown. Além disso os membros da equipe discutem os itens que foram levantados durante a reunião e que ainda precisem de mais esclarecimento.
Lembrem-se o Daily Scrum não é um Status Report para o Scrum Master, e sim uma reunião de sincronização e planejamento da equipe.

Get Up! Stand Up!

Posted in Uncategorized | Etiquetado: , | 5 Comments »