código Ágil

Agile, Scrum, Extreme Programming , Java e mais

Archive for agosto \29\UTC 2008

Dilbert e a confiança na equipe

Posted by Luciano Félix em 29 agosto, 2008

Nada como trabalhar numa empresa que confia na capacidade de seus funcionários !

dilbert-team-trust.gif

Anúncios

Posted in Uncategorized | Etiquetado: , | Leave a Comment »

A métrica perfeita

Posted by Luciano Félix em 27 agosto, 2008

Esqueçam de acoplamento aferente ou eferente, joguem no lixo a complexidade ciclomática, ignorem as linhas de código por método.

A métrica de qualidade perfeita foi encontrada !!!

WTFs per minute (Que p… é essa?/min)

Para aplicar a métrica é necessário um cronômetro. Inicie o cronômetro e comece a inspeção do código e a cada vez que você tiver vontade de dizer “Que p… é essa ????” incremente a contagem. Sem dúvida é essa métrica pode ajudar muitas e muitas equipes.

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | 2 Comments »

A culpa é de quem ?

Posted by Luciano Félix em 25 agosto, 2008

Gerentes mandões, chefes burocráticos, coordenadores sem visão. Muitas vezes colocamos a culpa do fracasso da implantação do Scrum apenas nas pessoas que fazem parte das esferas mais altas de gerência das empresas e muitas vezes eles tem mesmo, mas será que os chefes e gerentes são sempre os culpados ? A equipe não tem nenhuma parcela de responsabilidade no processo de implantação? Apontar o dedo para os chefes virou desculpa padrão para as dificuldades do processo, mas muitas equipes não estã preparadas para a mudança que o Scrum traz para o dia-a-dia de cada uma delas.

O Scrum prega que as equipes devem ser auto-gerenciáveis, infelizmente esse conceito é confundido com liberdade total, cada um pode fazer o quer e pronto, nada mais errado. Esse má interpretação leva a idéia errônea de que Scrum ou Agile é bagunça, muito pelo contrário, os processos ágeis exigem das equipes uma disciplina e um comprometimento ainda maior do que no processos tradicionais, este assunto estava sendo discutido ultimamente na lista scrum-brasil. Muitas pessoas não estão familirizadas com a mudança de paradigma exigida pela agilidade, não estão acostumadas a tanta liberdade e responsabilidade ao mesmo tempo, muitos preferem permanecer como “Code Monkeys”, mantendo o cerébro desligado e fazendo tudo exatamente como mandaram fazer, sem compromisso com a qualidade, prazo, etc. O problema não se resume apenas as práticas do Scrum, quando se fala em práticas ágeis de engenharia a coisa fica ainda mais complicada, quem não conhece alguem que faz cara feia quando ouve falar em TDD ou Pair Programming.

Para atingirmos um nível mais alto de qualidade, colaboração e comunicação é necessário sair da nossa zona de conforto para que possamos de fato aproveitar os benefícios que as práticas ágeis podem trazer.

Posted in Uncategorized | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Scrum Basics

Posted by Luciano Félix em 6 agosto, 2008

Vídeo mostrando de forma simples o básico do Scrum

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | Leave a Comment »

Como anda o humor da sua equipe ?

Posted by Luciano Félix em 5 agosto, 2008

O Niko Calendar ou Smile Calendar criado no Japão é uma forma simples e interessante dos membros da equipe reportarem diariamente como eles estão se sentindo durante o trabalho.

Como funciona ?

Uma linha para cada membro da equipe.

Ao final do dia cada membro reporta seu humor na sua linha no dia correto.

O humor é representado por etiquetas com smiles (feliz/motivado, normal/neutro, infeliz/desmotivado) que são colados no calendário pela equipe. Não podendo usar etiquetas a equipe pode desenhar seus smiles no calendário.

Para a quantidade de dias no calendário, gosto de utilizar o tamanho da sprint (iteração).

O calendário deve estar visível a todos.

Para que serve ?

O Niko Calendar é uma forma muita simples de feedback da equipe sobre o seu estado motivacional e mais do isso que faz com que todos os dias cada membro da equipe reflita um pouco mais sobre como foi o dia de trabalho e pense em como melhorar no dia seguinte. Além da função óbvia de servir como um termômetro de quão confortável e motivada está a equipe, por isso é importante que todos usem o calendário de forma correta, reportando de fato seu estado de espírito real ao fim do dia.

Quando implantamos o calendário na Solver, para a coisa ficar mais divertida ainda, pedimos ao nosso designer, Fradique Filho que criasse pequenas caricaturas dos membros da equipe nos 3 estados de humor, ficou realmente muito legal.

Mais informações sobre o Nike Calendar podem ser encontradas aqui

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | 3 Comments »

Integrando novos membros ao time – Parte 2

Posted by Luciano Félix em 2 agosto, 2008

Pair Programming

Essa prática originada no Extreme Programming (XP) é sem dúvida excelente para acelerar o processo de integração. Os novos participantes do time terão a oportunidade de rapidamente participar do ciclo de desenvolvimento e de fato colocar a mão na massa. Por mais que sejam feitos treinamentos das ferramentas e processos da equipe, o conteúdo só será de fato assimilado quando for aplicado na prática e vivenciado no dia-a-dia. Quando um novo membro trabalha junto com alguém mais experiente poderá entender muito mais rapidamente o que é fazer parte da equipe. Peça a ajuda do restante da equipe para essa tarefa, pessoas com mais facilidade de comunicação e que sejam pacientes serão as melhores escolhas para trabalhar com os novatos no início, mas não se acomode com esse arranjo, tente fazer com que todos participem.

Incentive a participação

Os novos membros trarão para equipe diferentes experiências e conhecimentos, permita que eles possam mostrar o que sabem, dar sugestões, ensinar algo para os membros antigos. Crie um ambiente em que essas trocas de conhecimento possam acontecer.

Mantenha a integração ativa

Quando as pessoas se conhecem melhor, criam-se ligações interpessoais mais fortes que geram uma equipe que trabalha mais unida, portanto incentive a integração em ambientes longe do trabalho, almocem juntos quando possível, promova algumas reuniões em lugares diferentes, como por exemplo, numa cafeteria. Essas coisas podem não parecer muito importantes mas sem dúvida fortalecem o senso de equipe e união das pessoas.

Pessoal, por enquanto é isso, se vocês tiverem mais sugestões, por favor, enviem.

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | Leave a Comment »