código Ágil

Agile, Scrum, Extreme Programming , Java e mais

Scrum Gathering Brazil – Review – Dia 1

Posted by Luciano Félix em 18 maio, 2009

Scrum_Brazil_to-spec_bA viagem para o Scrum Gathering não começou muito bem para mim, devido à grande chuva que caiu em Recife na manhã de segunda-feira acabei perdendo o meu vôo para São Paulo e

como o vôo mais próximo, com valor acessível, só partiria as 3 horas da manhã de terça-feira tive de voltar para casa, nesse tempo extra eu revisei e ensaiei um pouco mais a apresentação. Bem as 2:30 já estava eu, finalmente na sala de embarque. Durante o vôo, o aeroporto de Guarulhos fechou para pousos e decolagens devido a neblina e por isso só conseguimos pousar uma hora após o previsto, as 07:00, fui correndo pegar o ônibus da Gol para Congonhas e uma hora e meia depois eu estava no taxi em direção ao hotel, apenas deixei as malas e segui rapidamente para o Hyatt, depois de muita correria, finalmente as 09:45 eu chegava ao Scrum Gathering Brazil.

Sem dúvida o evento foi muito bem organizado, contando com a excelente estrutura do hotel Hyatt, o Jim Cundiff, a Jodi Gibson e o Alexandre Magno estão de parabéns.

O evento começou com uma apresentação institucional da Scrum Alliance feita pelo Jim Cundiff, diretor da institução, Jim falou sobre a importância do evento e do crescimento do Scrum no Brasil. A partir daí a Gathering seguiu com o Keynote de abertura do Ricardo Vargas do PMI.

Project Management as a Strategic Competency – Ricardo Vargas, PMI
Scrum Gathering Brazil - Dia1 - 003
Acredito que o Ricardo já estava entrando em desvantagem no evento, já que grande parte da comunidade ágil não vai muito com a cara do PMI e também por ele não conhecer o Scrum a fundo, acho que por isso mesmo adotou um estratégia mais defensiva e política. Na sua palestra o Ricardo defendeu que o PMBOK não deve ser seguido a risca, que ele é apenas um guarda-chuva, um conjunto do que eles acreditam serem boas práticas de gerência e que não deve ser usado by the book. “O PMBOK não nasceu para ser respeitado” disse ele. Deu para perceber uma grande tentativa do PMI em se aproximar dos processos ágeis, criando grupos de estudo e premiando papers sobre assunto. O Ricardo insistiu muito na idéia de que Scrum e PMBOK tem o mesmo objetivo, de entregar valor para os clientes, sinceramente não conheço metodologia que não quer isso, o objetivo pode ser o mesmo mas o caminho pode ser bem diferente e isso ficou claro na pergunta feita pelo Juan Bernabo, figura conhecida na comunidade ágil, sobre a importância do papel do gerente de projeto e sobre a idéia de equipes auto-gerenciáveis. O Ricardo respondeu que o gerente era algo imprescindível para o sucesso do projeto e que não acreditava muito na idéia de equipes auto-gerenciáveis. Mesma com a polêmica acredito que também não podemos nos fechar completamente o PMBOK e o diálogo sempre é importante.

Contratos e Scrum: The Good, the Bad and the Ugly – José Papo, BRQ

Scrum Gathering Brazil - Dia1 - 007

O José Papo fez uma palestra muito boa sobre alguns modelos de contrato os quais ele chamou de Good (Escopo Flexível), Bad (Escopo Fechado) e Ugly (Aquisição progressiva e por métricas). O Papo realmente mostra entendimento sobre o assunto, discutindo as vantagens e desvantagens de cada modelo, como aplicá-los, como contornar as exigências de um contrato de escopo fechado, etc. Foi algo bem interessante, posteriormente tirei algumas dúvidas com ele sobre como a idéia de métricas, basicamente pontos de função, se combinariam com as estimativas feitas pela equipe. Sem dúvida a palestra valeu a pena.

Virtual Keynote – Ken Shwaber, Scrum Alliance

Foto de Manoel Pimentel

Infelizmente não pude acompanhar muito da apresentação do Ken já que a minha palestra aconteceria logo após o fim do Keynote. Ken iniciou com alguns conceitos básicos do Scrum, e falou sobre o Scrumbut. Nesse momento tive de me ausentar, mas soube que ele realizou uma atividade para ilustrar a diferença entre a cultura de comando-controle e a idéia de auto-organização, mas a polêmica surgiu quando ele anunciou uma certificação para desenvolvedores, CSD, Certified Scrum Development, focada em técnicas de engenharia, a polêmica veio com relação a decisão de apoiar essa certificação em ferramentas Microsoft.

Usando o DOD para amadurecer a qualidade do produto – Gustavo Coutinho, Provider e Luciano Félix, Especializa

Gustavo Coutinho e Luciano Félix

De cara me surpreendi com a quantidade de gente na palestra, pelo menos 80 pessoas estiveram presentes, fiquei realmente muito feliz. Gustavo e eu tentamos mostrar durante a palestra por que ter uma definição de pronto bem feita e visível a todos é importante e quais os benefícios que ela traz para a qualidade do projeto. O Gustavo também mostrou como foi a utilização do DoD na Provider Sistemas e os ganhos de qualidade que eles obtiveram desde então. No final da seção tivemos várias perguntas, as quais esperamos ter respondido a contento. Tivemos um feedback bem positivo de várias pessoas após a palestra e pudemos discutir um pouco mais o assunto durante os intervalos, foi sem dúvida uma excelente experiência.

Os desafios de escalar Scrum – Danilo Bardusco, Globo.com

Foto de Manoel Pimentel

O Danilo mostrou como a Globo.com escalou o Scrum nos seus projetos. Falou das dificuldades iniciais enfrentadas, quais as estratégias utilizadas para conseguir implementar as mudanças necessários. Danilo deixou claro a importância de se aplicar técnicas ágeis de engenharia e a coordenação das equipes para o sucesso dos projetos. Mais uma vez digo, é impressionante com o Scrum entrou no DNA da Globo.com.

Como as palestras aconteciam em paralelo acabei não vendo tudo o que gostaria. Após o evento muitos deram uma esticada até a Hooters para um happy hour, mas infelizmente eu estava exausto depois de quase 24 horas sem dormir e acabei voltando para o hotel. Aguardem o review do segundo dia do Scrum Gathering Brazil.

2 Respostas to “Scrum Gathering Brazil – Review – Dia 1”

  1. andrefaria said

    Boa Cobertura Luciano. Parabéns pela Palestra!

  2. […] 27 May , 2009 · No Comments This review was written by Luciano Félix in portuguese and translated to english. The orginal text can be accessed here. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: